Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Crise política: Cavaco antevê que acordo interpartidário acabará por ser imposto pela realidade

Lusa

  • 333

Lisboa, 21 jul (Lusa) - O Presidente da República insistiu hoje que o compromisso de "salvação nacional" que propôs é "indubitavelmente o que melhor serve o interesse nacional, antevendo que "mais cedo ou mais tarde" um acordo interpartidário alargado será imposto pela realidade.

"A solução que propus é indubitavelmente a que melhor serve o interesse nacional, e tenho fundadas razões para crer que os partidos que subscreveram o Memorando de Entendimento partilham esta opinião. Tanto assim é que o Partido Social Democrata, o Partido Socialista e o CDS-Partido Popular encetaram negociações para alcançar um Compromisso de Salvação Nacional", afirmou o chefe de Estado, numa comunicação ao país.

Falando 11 dias depois de ter avançado com essa proposta, Cavaco Silva lamentou que após seis dias de reuniões, os partidos não tenham conseguido alcançar o entendimento desejado.