Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Crise política: Cavaco admite não ter garantias sobre acordo no final das negociações

Lusa

  • 333

Selvagem Grande, 18 jul (Lusa) - O Presidente da República relevou hoje que foram os partidos que fixaram o prazo de uma semana para as negociações para o compromisso de "salvação nacional" e admitiu não ter garantia sobre a existência de um acordo no final.

"Continuo a confiar no sentido de responsabilidade dos partidos políticos, mas não tenho nenhuma garantia, como é óbvio, de que no final haverá acordo, não tenho, de forma nenhuma, mas quase que tenho a certeza que todos os partidos estão convencidos, embora alguns não queiram dizer, que esta é claramente a solução que melhor serve os interesses de Portugal", disse o chefe de Estado, em declarações aos jornalistas durante uma visita à Selvagem Grande, na Madeira.

VAM // SMA