Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Crise na zona euro faz previsão de institutos sobre crescimento na Alemanha descer para 0,8%

Lusa

  • 333

Berlim, 18 abr (Lusa) -- Os principais institutos económicos da Alemanha, Suíça e Áustria reviram em baixa, de 1% para 0,8%, a previsão de crescimento da maior economia europeia para este ano devido à crise na zona euro, foi hoje anunciado.

O relatório de primavera apresentado hoje em Berlim indica que "as expectativas de empresas e consumidores" na Alemanha "melhoraram desde o último outono", mas sublinha que a situação macroeconómica no resto das economias avançadas -- e em especial na zona euro -- prejudica a evolução do país.

Os institutos - que no outono tinham previsto um crescimento de 1% do Produto Interno Bruto (PIB) alemão em 2013 - consideram que "as condições melhoraram claramente desde o último outono" graças à declaração de intenções do Banco Central Europeu (BCE), mas sublinha que "persistem os obstáculos" para a economia alemã.