Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Crise na península coreana "já foi longe de mais" - Secretário-geral da ONU

Lusa

  • 333

Andorra, 02 abr (Lusa) - O secretário-geral das Nações Unidas considerou hoje que a crise "já foi longe demais", depois de a Coreia do Norte ter anunciado a intenção de pôr em funcionamento um reator nuclear encerrado em 2007.

"A situação precisa de acalmar, não há necessidade de a DPRK (sigla em inglês para República Democrática Popular da Coreia) estar em rota de colisão com a comunidade internacional. As ameaças nucleares não são um jogo", declarou Ban Ki-moon.

"Enquanto secretário-geral, é meu dever impedir a guerra e procurar a paz", afirmou numa conferência de imprensa em Andorra. "É também da minha responsabilidade dizer que a atual crise já foi muito longe".