Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Crise fez aumentar ataques à legitimidade do projeto europeu - Durão Barroso

Lusa

  • 333

Bruxelas, 05 nov (Lusa) -- O presidente da Comissão Europeia disse hoje que a crise aumentou os ataques à legitimidade não só dos políticos como do próprio projeto europeu, reconhecendo que há falhas nos mecanismos de comunicação para aproximar a Europa dos cidadãos.

Falando no final de uma reunião com representantes de organizações filosóficas e não-confessionais, em Bruxelas, José Manuel Durão Barroso comentou que, "desde o início da crise, tem-se assistido a um fosso crescente entre os cidadãos e os políticos", agravado pelo facto de os primeiros não perceberem de que modo decorre o processo de decisão, sobretudo ao nível europeu.

"Temos de reconhecer que enquanto alguns movimentos populistas e algumas das forças extremistas da Europa já lá estavam bem antes da crise, e sabemos que muitas vezes tal está associado à migração, a realidade é que hoje, também devido às dificuldades em termos económicos e ao problema real do desemprego, há uma espécie de ataque não só à legitimidade dos políticos, mas também à legitimidade do projeto europeu", considerou.