Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Crianças: Escolas são as que mais alertam as comissões de proteção para situações de perigo - relatório

Lusa

  • 333

Lisboa, 03 ago (Lusa) -- As escolas são as entidades que mais comunicam às Comissões de Proteção de Crianças e Jovens casos de menores em situações de perigo e que necessitam de intervenção, segundo um relatório oficial.

O relatório da atividade processual das 305 Comissões de Proteção das Crianças e Jovens, referente ao primeiro semestre de 2012, revela que foram reportadas por várias entidades 17.080 situações de perigo.

Este é o primeiro relatório semestral de avaliação e acompanhamento da atividade das comissões de proteção, alterando assim a metodologia anterior de realização de uma análise anual do sistema.