Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Criação de programa nacional para sobreviventes de cancro defendida em Coimbra

Lusa

  • 333

Coimbra, 21 jun (Lusa) - O presidente do núcleo regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPLC) defendeu hoje, em Coimbra, a criação de um programa nacional para os sobreviventes de cancro.

Carlos Oliveira, que interveio na conferência sobre Sexualidade, Fertilidade e Cancro, naquela cidade, considerou que existe a "necessidade de se ter uma legislação única" que abarque aspetos sociais e técnicos "do interesse dos sobreviventes" de cancro.

"A legislação que existe está muito dispersa e existe alguma confusão, até no Ministério da Saúde, no caso da atribuição das isenções das taxas moderadoras", disse o professor de medicina da Universidade de Coimbra.