Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Credores aprovam plano de insolvência da federação de remo

Lusa

  • 333

Porto, 18 mar (Lusa) -- A assembleia de credores viabilizou o plano de insolvência da Federação Portuguesa de Remo, com a instituição a pagar, durante 10 anos e sem juros, 50 por cento de uma dívida total de 1,4 milhões de euros.

"Foi votada a viabilização do plano de insolvência, o plano de recuperação apresentado pela comissão administrativa. Assim, as eleições vão decorrer, como previsto, a 06 de abril [Ponte de Sor] e em três semanas a Comissão Administrativa [CA] vai terminar a sua missão, transmitindo aos órgãos sociais eleitos a responsabilidade da federação", disse Joaquim Sousa.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da CA admite que "é evidente que vai haver alguns anos de dificuldades, porque terá que se pagar aos credores", mas considera que esta é "uma boa notícia para a modalidade" e que a solução encontrada "está no limite do possível para continuar a federação": "É difícil, mas exequível".