Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Crédito às famílias caiu quase 8 mil ME desde que Portugal pediu ajuda à 'troika'

Lusa

  • 333

Lisboa, 13 fev (Lusa) -- O crédito dos bancos às famílias caiu quase 8 mil milhões de euros desde que Portugal pediu assistência financeira ao Fundo Monetário Internacional (FMI) e à União Europeia, em abril de 2011, de acordo com o Banco de Portugal.

Em abril de 2011 o crédito dos bancos residentes em Portugal aos particulares atingiu o seu nível máximo nos 141.993 milhões de euros, tendo começado a reduzir-se desde essa altura até atingir os 134.020 milhões de euros no final de dezembro de 2012.

Os dados agora divulgados pelo Banco de Portugal demonstram que esta tendência de queda se manteve no último mês de 2012, com uma queda no saldo de crédito dos bancos às famílias em 387 milhões de euros, levando o total da redução verificada ao longo de 2012 para os 5.585 milhões de euros.