Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CPLP/Cimeira: Guiné Equatorial não vai aderir à organização -- vice-Presidente angolano

Lusa

  • 333

Maputo, 20 jul (Lusa) - A Guiné Equatorial não vai aderir hoje à CPLP como membro de pleno direito, porque registou "poucos progressos" no respeito ao regulamento interno da organização, disse hoje o vice-Presidente angolano, Fernando da Piedade Dias dos Santos.

Os passos dados pela Guiné Equatorial visando obter o estatuto de membro de pleno direito da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) é um dos temas centrais da IX Cimeira de Chefes de Estado e de Governo, que hoje se realiza em Maputo.

O vice-Presidente de Angola, país que hoje cede a presidência da CPLP para Moçambique, considerou que o alargamento dos pedidos de adesão ao estatuto de observador associado e consultivo "são provas do crescente prestígio" da comunidade lusófona.