Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CPLP tem 28 milhões de pessoas com carência alimentar e nutricional -- secretário executivo

Lusa

  • 333

Cidade da Praia, 13 nov (Lusa) - O secretário executivo da CPLP defendeu hoje uma conjugação de esforços para diminuir significativamente o total de 28 milhões de pessoas que são afetadas pela carência alimentar e nutricional no espaço lusófono.

Murade Murargy, que lidera a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), falava aos jornalistas na Cidade da Praia, após a sessão de abertura do IV Simpósio de Segurança Alimentar e Nutricional e Desenvolvimento Sustentável (SANDS) no espaço lusófono, que reúne especialistas dos oito Estados-membros.

Salientando ser "difícil" definir metas - "o ideal seria atingir os 100%" -, Murargy destacou o "enorme potencial de produção agrícola" de qualquer um dos países da CPLP, pelo que se torna necessário desenvolver estratégias conjuntas.