Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cova da Beira: Após dois adiamentos, julgamento começa 3ªfeira

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 set (lusa) - O julgamento do caso 'Cova da Beira', que envolve crimes de corrupção e branqueamento de capitais e cujo mais mediático arguido é António José Morais, antigo professor de José Sócrates na Universidade Independente, começa terça-feira nas Varas Criminais de Lisboa.

O antigo professor do ex-primeiro-ministro senta-se no banco dos réus para ser julgado por corrupção passiva e branqueamento de capitais. Acusados pelos mesmos crimes estão ainda a sua ex-mulher, Ana Simões, e o empresário Horácio Luis de Carvalho, patrão do grupo HLC - responsável pela construção do aterro sanitário da Cova da Beira.

O julgamento esteve para começar em Outubro de 2011, mas na altura foi adiado "sine die" por motivos relacionados com cartas rogatórias para inquirição de algumas testemunhas que se encontram no estrangeiro.