Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Coreia do Sul: Candidata presidencial pede desculpa por abusos durante ditadura do pai

Lusa

  • 333

Seul, 24 set (Lusa) - A candidata do partido no poder na Coreia do Sul às presidenciais, Park Geun-Hye, pediu hoje desculpa pelos abusos dos direitos humanos cometidos durante a administração do seu falecido pai, Park Chung-Hee.

A menos de três meses das eleições, a veterana política, que no passado defendeu o legado de seu pai, reconheceu sentir remorsos pelo sofrimento causado durante a ditadura de Park.

"Na sombra do rápido crescimento da Coreia do Sul houve dor, sofrimento e irregularidades, bem como várias violações de direitos humanos cometidas pelas autoridades", admitiu a candidata presidencial.