Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Coreia do Norte ameaça atacar Coreia do Sul se continuarem manifestações hostis

Lusa

  • 333

Tóquio, 16 abr (lusa) -- A Coreia do Norte fez hoje um ultimato à Coreia do Sul, ameaçando atacar Seul se não acabarem as manifestações hostis ao seu regime.

"A nossa ação de represálias vai começar sem qualquer aviso, a partir de agora, enquanto os atos criminosos que ferem a dignidade do comando supremo da Coreia do Norte continuarem em Seul", ameaçou o comando supremo do exército da Coreia do Norte, em comunicado divulgado pela agência noticiosa oficial norte-coreana.

Os militares norte-coreanos podem estar a aludir a uma concentração, realizada na segunda-feira, em Seul, na qual os manifestantes queimaram fotografias dos dirigentes norte-coreanos, do fundador Kim Il-Sung, do filho deste, Kim Jong-Il, e do seu neto e atual dirigente, Kim Jong-Un.