Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Coordenadora do Bloco acusa Cavaco Silva de "dizer uma coisa e fazer o contrário"

Lusa

  • 333

Ovar, 05 jan (Lusa) - A coordenadora do Bloco de Esquerda Catarina Martins defendeu hoje que o Presidente da República "diz uma coisa e faz o contrário", porque alerta o Governo para a necessidade de respeitar a Constituição, mas promulgou um Orçamento de cuja constitucionalidade suspeita.

A propósito da entrevista de Cavaco Silva na edição de hoje do jornal Expresso, Catarina Martins declara: "O Presidente diz que a Constituição não está em suspenso e deixa um aviso ao Governo quanto à necessidade de a cumprir, mas diz uma coisa e faz o contrário, dando cobertura às políticas com que não concorda".

Para a coordenadora do Bloco, a discrepância está no facto de que Cavaco Silva "promulgou um Orçamento de Estado sobre cuja constitucionalidade tinha dúvidas e, em vez de pedir a sua fiscalização preventiva, pediu uma fiscalização sucessiva, o que significa que, por dois anos consecutivos, o país está a ser governado por orçamentos inconstitucionais".