Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cooperativa de Murça deve testar tratamento inovador nesta campanha de azeitona

Lusa

  • 333

Murça, 14 nov (Lusa) -- A Cooperativa de Olivicultores de Murça deverá avançar, ainda nesta campanha, com os primeiros testes do protótipo que permitirá o tratamento de resíduos e efluentes dos lagares de azeite com o pó de cortiça para produção de biomassa.

Eduardo Borges, gestor da Cooperativa Agrícola dos Olivicultores de Murça, distrito de Vila Real, disse à agência Lusa que já estão a ser feitas as obras para a instalação da linha de produção do protótipo.

As obras deverão estar concluídas no próximo mês e depois, se tudo correr bem, poderão avançar com os primeiros testes do processo inovador que foi desenvolvido por um investigador da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD).