Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Conversão de hospitais de Lisboa em hotéis e habitação criticada por instituições internacionais

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 jul (Lusa) - Os conselhos internacionais de Museus e de Monumentos e Sítios defenderam hoje que a conversão dos hospitais da Colina de Santana em hotéis e habitação "coloca em causa" a estrutura conventual e a história daquela zona de Lisboa.

A Estamo, imobiliária de capitais exclusivamente públicos e detida pela Parapública, entregou à Câmara de Lisboa vários projetos que preveem a conversão dos quatro hospitais da Colina de Santana (Miguel Bombarda, Capuchos, Santa Marta e São José) em espaços com valências hoteleiras, de habitação, comércio, estacionamento e lazer.

Estes projetos surgem depois de um estudo de conjunto para a Colina de Santana, liderado pela arquiteta Inês Lobo, que prevê a transformação daquela zona numa 'Colina do Conhecimento', bem como a salvaguarda do património dos quatro hospitais.