Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Controlinveste acusa Liga de futebol de "ataque ao bom nome" dos seus jornalistas

Lusa

  • 333

Lisboa, 15 jan (Lusa) -- A Controlinveste insurgiu-se hoje contra o "ataque ao bom nome" dos jornais do grupo lançado pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), acusando o organismo de estar a viver um período "menos tranquilo".

A polémica tem como pano de fundo o número de golos marcados pelo avançado paraguaio do Benfica Óscar Cardozo, que a Liga diz serem 13, baseando-se nos relatórios de jogo, e alguns jornais da Controlinveste, como o O Jogo ou o Jornal de Notícias, consideram ser 12, por não considerarem um golo marcado na vitória por 3-1 sobre o Sporting.

"Site da Liga insiste no golo de Cardozo", referiu o sítio do diário desportivo O Jogo, a 14 de janeiro, enquanto o Jornal de Notícias titulava na edição de 15 de Janeiro: "Golo fantasma de Cardozo continua a contar para a Liga".