Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Consumo: Nestlé alerta para uma crise alimentar pior do que a de 2008 devido aos biocombustíveis

Lusa

  • 333

Viena, 14 ago (Lusa) - O presidente da Nestlé afirmou hoje que o mundo enfrenta uma maior crise do que a registada em 2008 devido à subida de preços dos alimentos em consequência do aumento da terra dedicada à produção de biocombustíveis.

"A Organização das Nações Unidas para a Alimentação (FAO) chegou às mesmas conclusões do que tenho vindo a dizer há muitos anos: que não se ocupe a terra para a produção de biocombustíveis já que se perde para a alimentação", disse o presidente da Nestlé, Peter Brabeck-Letmathe, ao diário austríaco Wiener Zeitung.

Peter Brabeck-Letmathe referia-se à questão de a FAO ter solicitado recentemente aos países para mudar as suas políticas sobre os biocombustíveis devido ao perigo de uma crise alimentar.