Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Consumo interno de materiais caiu 14,7% em 2011 - INE

Lusa

  • 333

Lisboa, 18 dez (Lusa) - O consumo interno de materiais caiu em 2011, pelo terceiro ano consecutivo, para 14,7% face ao ano anterior, ao contrário da produtividade associada à utilização dos materiais que continuou a aumentar, segundo o INE.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou hoje os resultados do Consumo Interno de Materiais (DMC -- Domestic Material Consumption) que mede a quantidade total de materiais utilizados diretamente na economia, sendo obtido adicionando à extração interna as importações de materiais e subtraindo as exportações de materiais.

De acordo com o INE, em 2011 foram extraídas em Portugal 143,5 milhões de toneladas de materiais, "mantendo-se a tendência decrescente observada desde 2008, o ponto máximo da série, tendo os minerais não metálicos (areia e saibro, calcário e gesso, rochas ornamentais e outras pedras de cantaria ou de construção) sido os materiais predominantes.