Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Construção: Setor perde 90 postos de trabalho por hora - FEPICOP

Lusa

  • 333

Lisboa, 28 ago (Lusa) - O desemprego na construção atingiu um máximo histórico em 2012 e o setor perde atualmente 90 postos de trabalho por hora, estimou hoje a FEPICOP (Federação Portuguesa da Indústria da Construção e Obras Públicas).

Na sua análise de conjuntura relativa ao mês de agosto, a FEPICOP revela que a variação negativa da carteira de encomendas, as perspetivas de evolução de emprego e a confiança dos empresários do setor voltaram a agravar-se.

O desemprego no setor da construção atingiu níveis recorde em 2012, com um aumento de 29,5 por cento no primeiro semestre face ao ano anterior e cerca de 94.600 desempregados inscritos nos centros de emprego, em termos médios mensais.