Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Constitucional rejeitou recurso no caso do assalto ao Museu do Ouro de Viana

Lusa

  • 333

Viana do Castelo, 19 jul (Lusa) - O Tribunal Constitucional (TC) rejeitou o recurso dos arguidos do assalto ao Museu do Ouro de Viana Castelo, em se que pedia a fiscalização do acórdão que aumentou as penas de prisão para mais de 14 anos, disse hoje fonte judicial.

A decisão de rejeição do último recurso, após outras três decisões idênticas pelo mesmo tribunal, foi comunicada pelo TC, na quinta-feira, ao advogado Horácio Lages, representante do proprietário do museu e da ourivesaria, assaltados em setembro de 2007.

Horácio Lages confirmou hoje à Lusa esta decisão e recordou que este era o último recurso possível no processo.