Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Consórcio português de tecnologias da educação ganha projeto do Governo mexicano

Lusa

  • 333

Cidade do México, 17 out (Lusa) - O consórcio de empresas portuguesas de tecnologias da educação E-xample ganhou um projeto do Governo federal mexicano que envolve a atribuição de 240 mil computadores a estudantes, que poderá ser alargado "a milhões".

De acordo com o administrador executivo do consórcio E-xample, Daniel Adrião, este 'cluster' de 26 empresas portuguesas de 'hardware' e 'software' oferece "uma solução completa, um ecossistema para um projeto de inovação educativa suportado nas tecnologias de informação", que inclui o computador que em Portugal teve o nome de Magalhães, mas "é muito mais do que o Magalhães".

Em declarações a jornalistas que acompanham a visita do primeiro-ministro português ao México, Daniel Adrião referiu que este grupo de empresas tinha já projetos em dois estados mexicanos e agora ganhou, através de um concurso público internacional, a primeira fase de um projeto do Governo federal mexicano, da Secretaria de Educação Pública do México.