Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Consórcio anglo-norueguês abandona pesquisa de gás no norte de Moçambique

Lusa

  • 333

Maputo, 23 jul (Lusa) - A firma britânica Tullow anunciou que vai abandonar a pesquisa de gás que está a realizar em consórcio com a anglo-norueguesa Statoil no norte de Moçambique, porque o gás até agora descoberto não é economicamente viável.

Em comunicado de imprensa, a Tullow cita o diretor de exploração da firma, Angus MacCossa, a afirmar que o gás detetado no poço de exploração Cacholete-1 da Bacia do Rovuma não tem valor comercial.

Na mesma nota, a companhia refere que vai continuar a pesquisar petróleo na zona, porque "o potencial de descoberta deste recurso se mantém".