Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Conservação de vias vai custar 111,3 milhões de euros à Estradas de Portugal em 2013

Lusa

  • 333

Redação, 11 jun (Lusa) - A Empresa Estradas de Portugal (EP) anunciou hoje ter investido em obras de conservação e segurança rodoviária, durante o último ano, 80 milhões de euros, verba que deverá subir para 111,3 milhões em 2013.

Fonte oficial da EP explicou à Lusa que em 2012 foram investidos 16,8 milhões de euros na conservação periódica de pontes e 3,5 milhões em segurança rodoviária. A maior fatia do investimento foi, no entanto, para trabalhos de conservação corrente, que custaram 48,4 milhões de euros.

Atualmente, sob jurisdição direta, a EP conta com 13.516 quilómetros de estradas em Portugal continental e os mesmos trabalhos de conservação, segurança rodoviária e manutenção custaram, em 2011, mais de 102 milhões de euros, indicou a mesma fonte.