Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Conselho Mundial de Boxe junta-se à petição para libetação de ex-pugilista Hakamada

Lusa

  • 333

Banguecoque, 05 nov (Lusa) -- O Conselho Mundial de Boxe (CMB) anunciou hoje o seu apoio à petição para que o antigo pugilista japonês Iwao Hakamada, condenado à morte no seu país desde 1968, seja libertado.

O apoio à libertação do pugilista foi feito durante a reunião anual do Conselho em Banguecoque, Tailândia, pelos dirigentes do organismo e depois de terem visto um vídeo de apoio do antigo pugilista norte-americano Robin 'Huracán' Carter que esteve duas décadas detido depois de acusado injustamente.

"O CMB junta-se à causa pela liberdade de Hakamada", assinalou o seu secretário-executivo Maurício Sulaimán ao revelar que o mesmo juiz que em 1968 condenou o pugilista admitiu ter sido pressionado para o declarar culpado.