Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Conselho Geral da UPorto chumba aumento de propinas

Lusa

  • 333

Porto, 15 mar (Lusa) -- O Conselho Geral da Universidade do Porto chumbou hoje, por unanimidade, uma proposta da reitoria para o aumento das propinas de 999 para 1.037 euros.

A Federação Académica do Porto (FAP) emitiu esta manhã um comunicado onde apelava para que o valor de 999 euros se mantivesse nas propinas de formação inicial, ou seja licenciatura e mestrados integrados, pois caso aumentasse afetaria "mais de 22 mil estudantes", afirmou à Lusa Rúben Alves, presidente da FAP.

Rúben Alves acredita que "este não é o momento certo para atualizar propinas", devido ao ambiente de austeridade, e que essa decisão resultará no "abandono escolar acentuado".