Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Conjuntura: Taxa de desemprego jovem é arrepiante - PCP

Lusa

  • 333

Lisboa, 14 ago (Lusa) -- O PCP considerou os números do desemprego e da recessão, hoje conhecidos, são o resultado "óbvio" das "políticas de direita" e classificou como "arrepiante" os dados do desemprego entre os jovens.

"A taxa de desemprego dos jovens, só no último ano, passou de 27,7 por cento para 35,5 por cento, o que é um dado arrepiante. Nós consideramos que isto são os resultados da política de direita que tem sido seguida, de corte nos salários, nas pensões, nas reformas, no Serviço Nacional de Saúde, na educação, nos apoios sociais, nos subsídios de desemprego, no investimento público e privado. Obviamente que todas estas políticas teriam que conduzir a esta profunda recessão em que o país vive", disse à Lusa José Lourenço, da Comissão das Atividades Económicas do Partido Comunista Português (PCP).

Sobre a taxa de desemprego jovem, e no dia em que foi conhecido um estudo da Federação Académica do Porto, que revela que 70 por cento dos universitários tenciona emigrar, José Lourenço considerou "perfeitamente natural que a emigração dos jovens se faça".