Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Conjuntura: PIB e desemprego deverão registar evolução negativa no segundo trimestre - economista

Lusa

  • 333

Lisboa, 13 ago (Lusa) - O Instituto Nacional de Estatística (INE) anuncia terça-feira a estimativa do Produto Interno Bruto (PIB) e da taxa de desemprego para o segundo trimestre e em ambos os casos a evolução deverá ser negativa, segundo o economista Ricardo Cabral.

Em ambos os casos é provável que ocorra uma deterioração, disse à Lusa o economista Ricardo Cabral, professor na Universidade da Madeira. "Pode sempre haver variações diferentes de trimestre a trimestre. Mas [em termos gerais] acho que a evolução da atividade económica este ano será desastrosa."

No primeiro trimestre deste ano, o PIB diminuiu 0,1 por cento em relação ao final de 2011, o equivalente a uma quebra homóloga de 2,2 por cento. Já a taxa de desemprego do INE voltou a atingir um máximo histórico: 14,9 por cento.