Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Conjuntura: Pessoas singulares já representam mais de metade das insolvências em Portugal - DGPJ

Lusa

  • 333

Porto, 31 jul (Lusa) -- O número de pessoas singulares decretadas insolventes mais do que triplicou nos últimos seis anos e no primeiro trimestre de 2012 já representava mais 50 por cento do total das insolvências em Portugal.

Os números constam do relatório divulgado hoje pela Direção-Geral das Políticas de Justiça (DGPJ), onde se pode ler que "no primeiro trimestre de 2012, e face ao primeiro trimestre de 2011, registou-se um aumento de cerca de "7,6 pontos percentuais na proporção de pessoas singulares declaradas insolventes".

Os dados estatísticos sobre a evolução trimestral indicam que, na comparação homóloga do primeiro trimestre de 2007 com o primeiro trimestre de 2012, o peso das pessoas singulares no total dos processos passou de "17,0 por cento", para "57,2 por cento", ou seja, mas do que uma triplicação do peso.