Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Conjuntura: "Mais impostos é uma ameaça para Portugal" - Ulrich

Lusa

  • 333

Lisboa, 25 jul (Lusa) - O presidente do Banco BPI considerou hoje que o Governo, na busca de alternativas ao corte dos subsídios de férias e de Natal no setor público, não deverá aumentar os impostos, já que isso ameaçaria a recuperação económica.

"Mais impostos é uma ameaça a Portugal. Afastaria os investidores portugueses e os estrangeiros do país", afirmou hoje Fernando Ulrich, durante a apresentação dos resultados semestrais do banco.

O banqueiro lamentou a posição do Tribunal Constitucional sobre a matéria e diz que há que esperar pela solução que o Governo apresentará ao país.