Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Conjuntura: Défice externo reduziu-se para um terço no primeiro semestre deste ano

Lusa

  • 333

Lisboa, 28 set (Lusa) - O défice externo da economia portuguesa diminuiu para um terço no primeiro semestre deste ano, mas continuou mesmo assim a representar 2.258 milhões de euros, segundo dados hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Nos primeiros seis meses deste ano, as necessidades líquidas de financiamento da economia portuguesa equivaleram a 2,2 por cento do Produto Interno Bruto, segundo as contas nacionais trimestrais do INE.

No primeiro semestre de 2011, o défice externo ascendera a 7.544 milhões de euros, quase 9 por cento do PIB. O valor do primeiro semestre deste ano representa, assim, menos de um terço do que se tinha verificado no ano passado.