Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Conjuntura: Banca fechou 2011 com menos 152 balcões e 1.282 colaboradores

Lusa

  • 333

Lisboa, 04 set (Lusa) - Os bancos portugueses reagiram à conjuntura económica adversa com a racionalização das suas redes de retalho, tendo sido encerrados 152 balcões e extintos 1.282 postos de trabalho em 2011, revelou hoje a Associação Portuguesa de Bancos (APB).

Após vários anos de expansão, a rede de agências bancárias no país registou um decréscimo de 152 balcões, fechando o ano passado com um total de 6.080 agências, de acordo com o Boletim Informativo da APB relativo a 2011.

Já o número de colaboradores desceu 2,2 por cento no mesmo período para um total de 57.130 funcionários, o que representa uma perda de 1.282 postos de trabalho face a 2010.