Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Congeladas contas de dirigente de jornal crítico venezuelano El Nacional

Lusa

  • 333

Caracas, 28 jul (Lusa) - O Ministério Público venezuelano ordenou o congelamento das contas bancárias de Miguel Henrique Otero, presidente e editor de um dos diários mais antigos do país, o El Nacional, crítico do atual regime, o qual foi ainda proibido de alienar bens.

A medida foi anunciada pela Procuradora Geral da República, Luísa Ortega Díaz, que confirmou ainda que foi emitido um mandado de detenção, por alegado enriquecimento ilícito, contra Alfredo Peña, um antigo presidente da Câmara Maior de Caracas, que chegou ao poder como aliado do falecido presidente Hugo Chávez, passando depois para a oposição.

"Receberam-se os resultados de uma ação de cobrança em bolívares (moeda venezuelana) que Alfredo Peña teria intentado contra Miguel Henrique Otero. Os factos poderiam revestir-se de caráter penal, pois não sabemos onde o funcionário público obteve essa quantidade de dinheiro, nem tão pouco conhecemos por que razão o demandado devia essa soma", disse.