Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Confrontos com Renamo atrasaram projecto de eletrificação no centro de Moçambique - governadora

Lusa

  • 333

Chitobe, Moçambique, 14 mai (Lusa) - Os recentes confrontos em Muxúnguè, centro de Moçambique, entre ex-guerrilheiros do partido da oposição Resistência Nacional de Moçambique (Renamo) e a polícia "retardaram o projeto de eletrificação" do distrito vizinho de Machaze, disse à Lusa fonte governamental.

Ana Comoane, governadora provincial de Manica, declarou à agência Lusa que os ataques dos ex-guerrilheiros terão provocado algum atraso do projeto, que parte da sede do distrito de Chibabava (Sofala), onde fica Muxúnguè, devido à fuga de pessoas.

"O processo de eletrificação do distrito vai atrasar por causa dos acontecimentos de Muxúnguè, que é vizinho de Machaze", disse Ana Comoane, ao dirigir-se à população de Chitobe, na sede de Machaze, saudando a coragem da população e do Governo por não terem abandonado a região.