Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Confirmadas penas de prisão para cinco acusados do naufrágio do Costa Concordia

Lusa

  • 333

Roma, 20 jul (Lusa) - O juiz de primeira instância confirmou hoje penas entre 18 e 34 meses de cadeia para cinco acusados pelo naufrágio do cruzeiro Costa Concordia em janeiro de 2012, que causou a morte a 32 pessoas, noticiam os media italianos.

O juiz Pietro Molino aceitou assim o acordo negociado entre o Ministério Público e cinco dos seis arguidos, acusados de homicídio involuntário múltiplo, danos agravados e naufrágio.

Os cinco acusados são os oficiais Ciro Ambrosio e Silvia Coronica, o timoneiro Jacob Rusli, o chefe de bordo Manrico Giampedroni e o chefe da unidade de crise em terra da empresa Costa Cruzeiros, proprietária do navio, Roberto Ferrarini.