Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Conferência da Aula Magna é forma de pressão sobre o Presidente da República - Manuel Alegre

Lusa

  • 333

Lisboa, 20 nov (Lusa) - O ex-candidato presidencial Manuel Alegre afirmou hoje que a conferência impulsionada por Mário Soares, na quinta-feira, é uma "forma de pressão" para que o Presidente da República "defenda" a Constituição e peça a fiscalização preventiva do Orçamento.

Manuel Alegre, membro do Conselho de Estado e um dos promotores da conferência de quinta-feira, na Aula Magna da Reitoria da Universidade de Lisboa, assumiu esta posição crítica em relação à atuação de Cavaco Silva em declarações à agência Lusa.

"Quando o Presidente da República tem uma atitude passiva em relação àquilo que deveria ser a defesa da Constituição, que jurou cumprir e fazer cumprir, quando um órgão de Estado ou um órgão de soberania não funciona na defesa dos valores essenciais da democracia e da Constituição, bom, então são os cidadãos que têm de tomar a iniciativa de a defender", advogou Manuel Alegre, antes de assumir insatisfação face ao papel desempenhado pelo chefe de Estado.