Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Confederação do Turismo quer "progressiva optimização" da fiscalidade do setor

Lusa

  • 333

Lisboa, 28 jun (Lusa) - A Confederação do Turismo Português (CTP) quer uma "progressiva optimização" do quadro fiscal para o setor, uma das medidas presentes no estudo "Fiscalidade no Turismo Português", que hoje será apresentado em Lisboa.

A política pública no setor do Turismo, diz o trabalho, "terá de ser criadora de valor, acentuando as vantagens competitivas nacionais, eliminando-se definitivamente quaisquer distorções que coloquem em causa a competitividade de Portugal enquanto destino turístico" de referência.

"Neste quadro de incerteza, torna-se essencial uma estabilização das condições de oferta e uma progressiva optimização dos tributos fiscais e parafiscais a aplicar ao setor, de modo a que estes não se situem num nível punitivo para os operadores", aponta o estudo, elaborado pela consultora Ernst & Young.