Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Confederação de Micro,Pequenas e Médias Empresas acusa governo de levar o País para uma "catástrofe"

Lusa

  • 333

Setúbal, 15 jan (Lusa) - A Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias Empresas (CPPME) acusou hoje o governo de levar o País para uma "verdadeira catástrofe" com o aumento generalizado de impostos que se traduz na falência de milhares de empresas e contribuintes.

"Um País com uma economia frágil não pode ter uma carga fiscal tão pesada", disse o presidente da CPPME, João Pedro Soares, em conferência de imprensa no Seixal, na qual também defendeu um conjunto de medidas para minimizar os problemas dos empresários e de todos os portugueses, a começar pela renegociação da dívida externa.

"É essencial que a dívida seja renegociada. Qual é o empresário que aceitaria um negócio com 45 por cento de juros à cabeça", disse João Pedro Soares, lembrando que Portugal terá de pagar 35 mil milhões de euros pelo empréstimo de 78 mil milhões de euros concedido pela União Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional.