Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Confederação da Construção alerta para situação "insustentável" e "explosiva" no setor

Lusa

  • 333

Redação, 04 dez (Lusa) -- A Confederação Portuguesa da Construção e Imobiliário (CPCI) alertou hoje para o aumento de 35,9% dos desempregados do setor em outubro e para a "insustentável", "explosiva" e "insuportável" situação que este atravessa.

Segundo os últimos dados divulgados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) relativamente ao número de inscritos em outubro nos centros de emprego, e citados pela CPCI, o setor da construção registou "um novo recorde histórico", com o número de trabalhadores desempregados a superar os 100 mil, mais 35,9% do que em igual período do ano passado.

"Esta situação, vivida por aquele que, apesar das dificuldades, é ainda o maior empregador privado nacional, responsável por 620 mil postos de trabalho, é insustentável e explosiva", sustenta a confederação.