Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Condutores envolvidos num de dois acidentes na A25, em 2010, não vão a julgamento

Lusa

  • 333

Águeda, 09 out (Lusa) - O Juízo de Instrução Criminal (JIC) de Águeda decidiu não levar a julgamento os quatro condutores envolvidos num dos dois acidentes ocorridos em agosto de 2010 na A25, na zona de Talhadas, Sever do Vouga, que causaram seis mortos.

O juiz decidiu proferir despacho de não-pronúncia, por entender que se os arguidos fossem a julgamento "seria mais provável a absolvição do que a sua condenação", considerando que não se mostrou suficientemente indiciado que estes tenham atuado com negligência.

Este caso agora avaliado em sede de instrução reporta-se ao primeiro de dois acidentes, ocorridos num intervalo de poucos minutos, em cada sentido da autoestrada Aveiro-Vilar Formoso, na tarde de 23 agosto de 2010, numa altura em que a visibilidade era reduzida, devido ao nevoeiro intenso e chuva. Esta e uma segunda colisão em cadeia envolveram mais de meia centena de veículos, provocando um total de seis mortos, incluindo uma criança de oito anos, e 63 feridos.