Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Condições de saída dos 350 trabalhadores do Barclays ainda não são conhecidas - sindicato

Lusa

  • 333

Lisboa, 13 fev (Lusa) -- O Barclays confirmou hoje aos sindicatos que tem a intenção de rescindir contratos com 350 trabalhadores, mas sem avançar com as condições que vai oferecer aos funcionários que aceitarem sair.

Esta tarde, os sindicatos da Febase -- Federação do Sistema Financeiro reuniram-se com a direção ibérica do Barclays, que confirmou às estruturas sindicais a intenção de reduzir cerca de 350 trabalhadores e ainda de encerrar 100 balcões.

Paulo Alexandre, dirigente do Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas (SBSI), o mais representativo do setor, disse à Lusa que para já "não é conhecido o modelo" em que o banco vai levar a cabo as rescisões.