Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Concertação Social: Reunião começa com CGTP a rejeitar "mais cortes nos salários"

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 set (Lusa) - A reunião dos parceiros sociais com o Governo, presidida pelo primeiro-ministro, começou hoje pelas 09:00, com os patrões a pedirem medidas alternativas ao corte da TSU e a CGTP a garantir que rejeitará "mais cortes nos salários".

"Não aceitamos que retirem nem mais um cêntimo dos rendimentos dos trabalhadores", disse o secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, aos jornalistas à entrada da reunião.

A CGTP vai propor a criação de um imposto adicional de 10 por cento sobre os dividendos, que resultaria numa receita de 1.665 milhões de euros, em alternativa ao aumento da Taxa Social Única (TSU) para os trabalhadores.