Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Comité Olímpico italiano vai investigar alegado envolvimento de Cipollini com doping

Lusa

  • 333

Roma, 11 fev (Lusa) - O Comité Olímpico italiano (CONI) decidiu hoje investigar a suposta relação profissional entre o antigo ciclista italiano Mario Cipollini, um dos melhores "sprinters" de sempre, e o médico Eufemiano Fuentes, o cérebro da "Operación Puerto".

Em comunicado, o CONI informou que a sua Comissão antidoping abriu uma investigação na sequência das informações publicadas pelo diário desportivo "Gazzetta dello Sport" este fim de semana, que relacionavam Cipollini com um programa de dopagem elaborado por Fuentes.

De acordo com o jornal, que sustenta as suas acusações numa série de documentos apreendidos no decorrer da "Operación Puerto", o médico espanhol elaborou programas de preparação para o antigo ciclista durante as temporadas de 2001, 2002, 2003 e 2004, que incluíam substâncias dopantes como EPO, hormonas e transfusões sanguíneas.