Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Comissão de Trabalhadores da STCP acusa administração de querer "amordaçar" funcionários

Lusa

  • 333

Porto, 01 mar (Lusa) -- A Comissão de Trabalhadores da STCP acusou hoje o Conselho de Administração de "claro desrespeito pela legislação nacional" ao não autorizar o plenário geral de trabalhadores de terça-feira nas instalações da empresa, reunião que será feita "na via pública".

Em comunicado enviado às redações, a Comissão de Trabalhadores (CT) da STCP afirma que "vai realizar um plenário geral de trabalhadores junto à sede da Empresa, na rua, na Av. Fernão Magalhães nº 1862, no Porto".

"O Conselho de Administração (CA) decidiu não autorizar o plenário geral de trabalhadores alegando que não concordava com o horário, num claro desrespeito pela legislação nacional para o efeito e, com a agravante, que não autorizava que fosse efetuado numa das estações de recolha da empresa em virtude de considerar ilegal o plenário", denuncia, considerando que se trata de "amordaçar" os trabalhadores.