Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Comissão de Instrução e Inquéritos da Liga arquivou processo disciplinar a Jorge Jesus

Lusa

  • 333

Lisboa, 04 out (Lusa) -- A Comissão de Instrução e Inquéritos (CII) da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) considerou hoje que as declarações do treinador do Benfica, Jorge Jesus, sobre o árbitro Carlos Xistra não foram ofensivas, arquivando o processo disciplinar.

No final do encontro com a Académica (2-2), da quarta jornada da I Liga, Jorge Jesus criticou a arbitragem de Carlos Xistra, considerando que as duas grandes penalidades favoráveis aos "estudantes" não existiram.

Em comunicado, a CII lembrou que "o Regulamento Disciplinar da Liga não qualifica como ilícitos disciplinares toda e qualquer declaração prestada" no final dos jogos, a não ser que "sejam ofensivas da honra e da reputação dos elementos da equipa de arbitragem".