Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Comércio: Mil trabalhadores dos Ponto Fresco e Cash & Carry com salários em atraso - Sindicato

Lusa

  • 333

Torres Vedras, 31 ago (Lusa)- Mil trabalhadores do grupo que detém a cadeia de supermercados Ponto Fresco e Cash & Carry estão com salários e subsídios de Natal e de férias em atraso e pediram a insolvência das empresas, disse hoje fonte sindical.

"Na semana passada, foram pagos 15 dias de maio, mas continuam em atraso os salários de junho, julho e agosto e metade de maio e os subsídios de Natal de 2011 e o de férias deste ano", afirmou à agência Lusa Maria de Jesus Neto, do Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal.

Contactado pela Lusa, o grupo não prestou ainda quaisquer esclarecimentos.