Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Coligação de Berlusconi não quer ainda proclamação do vencedor das eleições

Lusa

  • 333

Roma, 26 fev (Lusa) -- A coligação de direita italiana liderada pelo ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi pediu hoje ao Ministério do Interior que não declare um vencedor das eleições gerais realizadas no domingo e na segunda-feira.

Para justificar esta intenção, foi alegada a proximidade com a esquerda, tanto em termos de votos absolutos como da sua expressão percentual.

Durante uma conferência de imprensa, em Roma, o ex-ministro da Justiça, Angelino Alfano, secretário político do partido Povo da Liberdade, de Berlusconi, assegurou que os resultados do Ministério do Interior, que já chegam quase a 100 por cento do escrutinado em Itália, são apenas "oficiosos" e "sujeitos inevitavelmente a uma margem de erro".