Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Coligação candidata à direção de sindicato bancário deixa cair nome de ex-gestor do BPN

Lusa

  • 333

Porto, 05 abr (Lusa) -- A coligação socialista, social-democrata e democrata-cristã candidata à direção do Sindicato dos Bancários do Norte (SBN) disse hoje não pretender nomear o antigo gestor do BPN António Coelho Marinho para qualquer corpo gerente, em caso de vitória.

A notícia da inclusão do arguido no âmbito do processo do Banco Português de Negócios (BPN) na lista da tendência social-democrata candidata ao Conselho Geral do SBN foi publicada pela revista Visão na edição de quinta-feira, acrescentando que, caso vencessem as eleições da próxima terça-feira, os sociais-democratas pretendiam nomear Coelho Marinho para a gerência dos Serviços de Assistência Médico-Social (SAMS).

Em declarações à Lusa, o atual presidente do SBN e recandidato à direção do sindicato pelo campo da tendência socialista, Mário Mourão, disse que quando tomaram conhecimento da notícia exigiram a retirada do nome de Coelho Marinho como potencial elemento de corpos gerentes do SBN, o que não invalida, ainda assim, que o antigo administrador do BPN faça parte da lista E ao Conselho Geral.