Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Colaborador do ex-guarda-redes Bruno Fernandes condenado a 15 anos de prisão

Lusa

  • 333

Contagem, Brasil, 24 nov (Lusa) - Luiz Henrique Romão, conhecido como "Macarrão", colaborador do ex-guarda-redes do Flamengo Bruno Fernandes, foi condenado a 15 anos de prisão pelo desaparecimento e morte de Eliza Samudio, ex-amante do futebolista, divulgou hoje o Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Fernanda Castro, ex-amante de Bruno Fernandes, foi condenada a cinco anos por sequestro e cárcere privado de Samudio. Como a pena é inferior a oito anos, o Código Penal brasileiro permite que seja cumprida em regime aberto. Ela poderá recorrer em liberdade.

Os arguidos, que foram julgados no Fórum de Contagem, em Minas Gerais, viram a sentença divulgada perto da meia-noite de sexta-feira (2:00 horas de hoje em Lisboa).